Quantcast

Nas cidade mais austral do continente, uma das mais extensas temporadas de neve.

Aqui o dia se inicia com o delicioso aroma do chocolate quente, que vem da mesa de onde é servido o café da manhã e com roupa apropriada para desfrutar do inverno sem se importar com o frio. Quando amanhece a paisagem branca dos vales de Tierra del Fuego começa a banhar-se com a luz do sol. Ouvem-se os latidos dos cachorros de trenó, desejando as boas-vindas. No fim do mundo, o inverno se é vivenciado com pura emoção.  

Nos diversos centros recreativos, esquiadores profissionais, amantes da neve em geral, e inclusive os viageiros mais novatos, desfrutam de um vasto leque de divertidas atividades: o esqui, é claro, e o snowboard, mas também de passeios em trenó conduzidos por cachorros siberianos e alaskanos, atravessando florestas de lengas que se erguem sobre os cerros nevados; percursos em moto de neve, cheios de adrenalinas; caminhadas com raquetes pelo interior das florestas geladas; excursões em 4x4, através de paisagens pintadas de cinza com tonalidade prateada. Uma variada gama de propostas pensadas para todos os membros da família. 

A 26 km em direção ao leste da cidade de Ushuaia, sobre a ladeira do Cerro Krund, o Cerro Castor permanece aberto entre os meses de maio e outubro. Em seus 600 hectares de superfície esquiável, distribuem-se 30 pistas com diversos níveis de dificuldade e 10 meios de avaliação. O terreno é mais apto para os profissionais mais exigentes e conta com uma pista homologada pela Federação Internacional de Esqui, sede de competições nacionais e internacionais. Dessa forma, no ano 2015, o Cerro Castor será sede do Congresso Mundial de Instrutores de Esqui e Snowboard. O INTERSKI é o encontro técnico mais importante do mundo, equivalente às Olimpíadas Invernais dos Instrutores e por primeira vez será realizado no Hemisfério Sul.  

O Cerro Castor é também um lugar ideal para praticar snowboard em suas diversas modalidades: free-ride, free-carve e boarder-cross; e para o esqui de travessia, o nórdico e o alpino. Para os viageiros recém-iniciados nos esportes de inverno, existe uma escola de esqui e snowboard e um snowpark; e aqueles que viajam em família podem contar com o serviço de creche infantil para as crianças da casa. No Cerro Castor, como acontece em todos os centros de inverno do fim do mundo, as propostas gastronômicas acompanham e coroam o dia na montanha, com pratos típicos da Patagônia incluindo deliciosas merendas com saborosos cafés e bolos irresistíveis com frutos do bosque. Quando cai a noite, os fornos acesos nos restaurantes ao pé dos Andes geram um ambiente único para continuar com a jornada iluminados pela lua austral.   

 

Os centros invernais contam com um amplo catálogo de prestações e conforto: desde o aluguel de equipamentos e aulas de instrução em esportes de inverno até serviços de gastronomia e hospedagem, incluindo butiques, refúgios de alta montanha e colônias de inverno para crianças. Além disso, são sede de importantes competições, entre outras, a tradicional Marchablanca e a Ushuaia Loppet, corridas com o aval da FiS. da FASA e da Worldloppet Ski Federation. 

Share Share Share Share

Mais para ver