Quantcast

Imprensa

Notícias | 19/07/2016

Share Share Share Share
PrintImprimir

UNESCO declarou Património Mundial à “Casa Curutchet”

O trabalho, localizado na cidade de La Plata, foi projetado pelo renomado arquiteto suíço Le Corbusier, no final dos anos 40. Argentina agora tem 12 peças na prestigiosa lista mundial.

No dia 17 de julho em Istambul, Turquia, as Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) declararam Patrimônio da Humanidade à “Casa Curutchet”, localizada na cidade de La Plata e desenhado pelo arquiteto suíço Charles-Edouard Jeanneret-Gris, mais conhecido como Le Corbusier.

UNESCO reconheceu a obra arquitetônica de Le Corbusier como uma notável contribuição para o Movimento Moderno. A “Casa Curutchet” - construção única na Argentina feita pelo suíço – integra uma lista de 17 obras do arquiteto em todo o mundo.

A famosa propriedade está localizada na Avenida 53, No. 320, entre 1 e 2, frente à Plaza Rivadavia. Em 1987 foi declarada monumento histórico nacional. Hoje, a casa é alugada aos herdeiros do cirurgião Pedro Curutchet pelo Colégio de Arquitetos da Província de Buenos Aires (CAPB).

A obra

No final dos anos 40, mais precisamente em 1948, Dr. Curutchet encomendou a Le Corbusier a tarefa de projetar sua casa-escritório. O suíço conhecia La Plata depois de uma viagem à América do Sul em 1929. O arquiteto aceitou a proposta e nomeou Amancio Williams como controlador da obra. Finalmente, em 1955 a Casa foi construída para se tornar um emblema da cidade das diagonais.

A casa tem um piso térreo aberto - sem parede na fachada - dois andares superiores ligados por uma rampa e um terraço com jardim. Dentro da casa fica a famosa árvore, que cresce a partir do piso térreo para o jardim. Sua arquitetura é altamente valorizada pelo respeito dos princípios de Le Corbusier: espaço livre, terraço com jardim, fachada livre e janelas horizontais.

"É a primeira e única casa de Le Corbusier em todo o continente americano. Isto dá um valor regional muito importante. Todos os dias, os turistas vêm de todo o mundo. Além disso, a casa é boa para os estudantes da arquitetura. A casa está aberta de terça a sexta-feira de 10 a 17 e sábados e domingos de 13 a 17 ", disse Joaquin Lopez, responsável das visitas guiadas na Casa.

Assim, Argentina continua fornecendo peças importantes para o Património Mundial da UNESCO. Anteriormente, foram selecionados Ischigualasto e Talampaya, a Cueva de las Manos del Alto Río Pinturas, Manzana e Estancias Jesuíticas, as Misiones Jesuíticas-Guaraníes, o Parque Nacional Iguazú, o Parque Nacional Los Glaciares, a Península Valdés, o Qhapaq Ñan, a Quebrada de Humahuaca, o Tango e o Filete Porteño.

Web sites relacionados

Patrimonio de la Humanidad