Quantcast

A 1.310 km. de Buenos Aires se localiza a província de Tucumán. Podemos chegar com vôos domésticos até a sua capital, San Miguel de Tucumán, lugar histórico onde foi declarada a Independência argentina, ou por terra através da Rodovia Nacional Nº 9 como principal conector.

Conhecida como o Jardim da República pela sua exuberante beleza natural, Tucumán é a porta de entrada ao norte argentino e também a menor província do país. Dona de um encanto natural, oferece planícies e montanhas, climas secos e úmidos, espessas florestas e terras áridas, modernas cidades, agradáveis povos, ruínas indígenas, altos cumes, bacias, rios e vales. Introduzir-se na atividade do habitat rural é um encontro com a natureza pródiga desta província. As sedes de Fazendas ou campos que oferecem serviços permitem descobrir a convivência com idiossincrasias de paisanos e povoadores e degustar a gastronomia que deles provém. O Turismo Arqueológico está muito desenvolvido, já que os Valles Calchaquíes foram o cenário predileto pelas primitivas raças e etnias que habitaram estas terras (uma das principais relíquias destes tempos são as Ruinas de Quilmes). Tucumán é conhecido não só pelas suas esplêndidas paisagens, como Tafí del Valle ou Amaicha del Valle, senão também pela sua carga histórica. Para encontrar as suas raízes há de se remontar ao legado dos povos remotos, à ação libertadora dos criollos, às personagens que formaram a indústria açucareira e aos intelectuais que transformaram à província no centro do movimento cultural do norte argentino. Link: www.tucumanturismo.gob.ar

Ente de Turismo de la Provincia de Tucuman: www.tucumanturismo.gob.ar

Share Share Share Share

Mais para ver

Serviços turísticos