Quantcast

Instituto Nacional de Promoção Turística

INPROTUR

O Estado Argentino, sanciona no ano 2005 a Lei Nacional de Turismo Nº 25.997, que contempla a criação do Instituto Nacional de Promoção Turística com o fim de constituir o órgão responsável da promoção turística internacional da Argentina.

A criação do Instituto Nacional de Promoção Turística (INPROTUR) concretiza a relação público- privada respeito da promoção turística internacional. O INPROTUR tem como missão posicionar à Argentina com destino turístico internacional nos mercados emissores.

O Instituto é presidido pelo titular da autoridade de aplicação e tem uma diretoria composta pelos representantes detalhados a seguir, devendo o presidente e a diretoria desempenhar as suas funções ad honorem: 

a) Cinco (5) vogais designados pelo Ministério  de Turismo da Presidência da Nação;
b) Três (3) vogais designados pela Câmara Argentina de Turismo (CAT);
c) Três (3) vogais designados pelo Conselho Federal de Turismo.

Corresponde ao mesmo

  • Desenhar e executar os planos, programas e ações em matéria de promoção turística internacional
  • Administrar os fundos para a promoção
  • Pesquisar os mercados emissores internacionais e as suas tendências.


O Instituto Nacional de Promoção Turística conta com os seguintes recursos:

  • As contribuições recebidas da Nação
  • Quarenta por cento (40%) do produto do imposto estabelecido na alínea b) do artigo 24. O Poder Executivo Nacional poderá incrementar essa percentagem em até 10 por cento (10%);
  • Os fundos percebidos em qualidade de subsídios, legados, cessões, heranças ou doações;
  • As contribuições do setor privado;
  • As receitas derivadas da realização de conferências, seminários, cursos e publicações do Instituto, rendas, usufrutos e juros dos seus bens; 
  • As receitas provenientes de impostos nacionais que puderam ser criados com o fim específico para o cumprimento dos objetivos do Instituto;
  • As receitas provenientes de toda outra fonte acorde ao caráter legal e aos objetivos do Instituto.


Plano Estratégico de Marketing Turístico Internacional

É a ferramenta de gestão que permite aprofundar a inserção da Argentina como destino turístico nos mercados emissores.  Nos últimos 5 anos, o Ministerio de Turismo da Nação incrementou de forma substancial as ações promocionais do nosso país no mundo, as quais se consolidam e incrementam a partir deste plano.

O plano procura converter à República Argentina num país líder na América Latina pela qualidade e diversidade da sua oferta, baseada em desenvolvimentos territoriais equilibrados e respeitosos do ambiente e identidade dos seus habitantes.

Coordinadores de Producto:

Turismo de Reuniones: Lic. Pablo Sismanian
  Lic. Lisi Senabre
  Emora Franco
  Ailen Montesano
Polo, Golf, Alta Gama y Nieve Belén Rodriguez Zubieta
Turismo del Vino & Gourmet: Sebastián de Miguel
Médico / LGBT: Lic. Graciela Mundielli
Coordinación Grandes Eventos: Maggie Stagnaro
  Priscilla Gordillo
Turismo Educativo e Idiomático / Observación de Aves Pablo Cagnoni
Turismo de Aventura y Pesca Jaime Ríos

 

 

Asistente del director Nadia Pereiro
Coordinadora de ferias: María Celeste Podesta
Arquitectura de ferias: Marina Kusnir
Coordinador de Prensa: Pablo De Lima
Coordinadora de prensa extranjera: Luciana Bieler
Fam tours y Press trips: Vanina Salerno
Despacho de Material Guillermo Poy
  Alejandro Casaburi
Departamento de Arte: Tec. Sebastián Perez Callegari
  DG. Luisina Leoni
Secretaría y Asistencia Administrativa: Macarena Medina
  Alejandra Palma
-->